Transplante Capilar – Tratamento Definitivo para Calvície

Transplante Capilar – Tratamento Definitivo para Calvície2019-01-07T15:24:39+00:00

O transplante capilar é uma técnica segura, que segue protocolos clínicos internacionais, com base em estudos científicos e em melhores práticas amplamente divulgadas e exaustivamente testadas.

A técnica existe desde da década 20, quando pesquisadores perceberam que enxertos de cabelos em regiões com calvície conseguiam restabelecer o crescimento dos fios.

Mais tarde foi comprovado que na calvície de padrão masculino (ALOPÉCIA ANDROGENÉTICA) existem folículos pilosos mais resistentes ao processo de miniaturização, causado pela presença do hormônio DHT (Di hidrotestosterona). Esses folículos apresentam uma programação diferente do seu ciclo de vida e duram muito mais.

Mesmo pacientes com graus avançados de ALOPÉCIA ANDROGENÉTICA possuem cabelos preservados na região da nuca, que permanecem por toda a vida. Esses folículos que são transplantados para a região com calvície.

Estudos indicam que homens com calvície, possuem folículos pilosos com maior número de receptores nas células, o DHT por sua vez liga-se a esses receptores e impede a passagem de nutrientes e vitaminas, alterando o ciclo de crescimento dos fios, que são divididos em três fases: Anágena, Catágena e Telógena.

A fase ANÁGENA é de crescimento e pode dura até 6 anos, na calvície, essa fase é alterada, pois os fios nascem mais fracos e finos, portanto caem antes de atingir sua maturidade, a cada ciclo a fase fica mais curta, até que os fios surgem tão fracos e pequenos que não conseguem extravasar a pele.

No transplante capilar os folículos saudáveis são colocados na região afetada, em quantidade necessário para recobrir a calvície, de forma natural, simétrica e cosmética.

TRANSPLANTE CAPILAR — RESULTADO NATURAL

A cirurgia de transplante capilar é um procedimento refinado e sofisticado.

Apesar de ser uma cirurgia minimamente invasiva, o aspecto técnico e artístico é determinante, em todas fases do tratamento.

Existem vários fatores importantes que contribuem com o aspecto natural do transplante capilar.

INDICAÇÃO CLÍNICA

A escolha do paciente que pode realizar a cirurgia é criteriosa, e segue padrões estabelecidos em estudos e pesquisas.

Nem todo paciente poderá se beneficiar do tratamento, isso depende da idade, do grau de calvície, do tipo de cabelo etc.

As vezes é mais vantagem realizar o tratamento clinico, para postegar a cirurgia para um momento mais adequado e assertivo.

VISÃO DE LONGO PRAZO

A calvície é progressiva, portanto, é preciso planejar a cirurgia pensando num horizonte futuro.

Considerar e tentar prever a evolução da calvície de cada paciente, é fundamental para planejar a cirurgia.

ÁREA DOADORA

A doadora que irá fornecer os folículos necessário para o transplante. Cada grau de calvície irá exigir um número X de fios para recobrir a calvície.

Os folículos pilosos que serão removidos, precisam suprir a necessidade do paciente, e ao mesmo passo, devemos preservar da melhor forma possível a área doadora.

DENSIDADE CAPILAR

O grau de calvície, o tipo do cabelo e a quantidade média de fios de cabelos produzidos pelas unidades foliculares, são analisadas para promover uma harmonização estética mais natural e de acordo com o cabelo do paciente.

Um paciente que precisa de 2.500 fios e tem 80% dos folículos capilares produzindo um único fio, irá necessitar de maior número de unidades transplantadas.

Já um paciente que precisa da mesma quantidade de fios, mas tem 60% de unidades foliculares que produzem mais que dois 2 fios de cabelos, terá uma necessidade diferentes.

LINHA FRONTAL DA CABEÇA

Os homens apresentam um padrão bem definido de calvície, via de regra, os fios caem a partir da testa e depois na coroa.

A marcação da linha frontal é um item importante, para demonstrar a naturalidade do tratamento.

Nesses casos promovemos linhas irregulares e assimétricas, da mesma forma que eram os cabelos originais.

Esse padrão de linha frontal difere para cada paciente, são analisadas fotos antigas, para inserir uma linha frontal adequada.

TIPO, COR, TAMANHO E ESPESSURA DOS CABELOS.

No planejamento cirúrgico os cabelos são avaliados, e a programação do implante é com base em suas características.

Cabelos mais finos e pretos, oferecem um maior contraste quando o couro cabeludo é branco, nesses casos é necessário utilizar maior número de folículos.

Em cabelos brancos por exemplo, o contraste é menor, os cabelos aparentam tem mais volumes, o mesmo acontece com fios mais finas ou grossos.